Pular para o conteúdo principal

Alimentos x saúde gástrica

Já foi provado que a alimentação pode provocar danos ao organismo de diversos tipos. O estômago é um dos principais órgãos prejudicados pela dieta ruim, uma vez que ele é que recebe por primeiro tudo o que comemos. Por isso vale a pena conferir as dicas abaixo!


Alimentos prejudiciais a saúde gástrica:



CARNE PROCESSADA - presunto, bacon, peito de peru e salsicha, são alguns dos tipos de carne que contém nitritos e nitratos, substâncias que no estômago se tornam nitrosamina. Este composto químico é mutagênico e afeta as células estomacais, o que o torna potencialmente danoso.



MUITO SAL - de acordo com o Cancer Research UK (Londres), o risco de desenvolver câncer de estômago é 68% maior em pessoas que consomem mais de 6 g de sal por dia. Ainda não se sabe ao certo a relação doença-sal, mas é possível que cause uma piora pela infecção de H.Pylori, bactéria que se aloja no estômago e 6 vezes a chance de ter a doença. Além disso existem as outras condições que estão associadas ao consumo excessivo de sal, como hipertensão, problemas cardiovasculares e problemas renais.



ALIMENTOS EM CONSERVA - para se manterem bons para consumo por muito tempo contém alto teor de sódio em sua composição, contribuindo para os danos no sistema gástrico, quando consumidos em excesso.



BATATA FRITA - no processo  da fritura em altas temperaturas, acaba liberando acrilamida, que em quantidades elevadas é tóxica para o DNA.



Dica do Espaço: tenha uma dieta saudável e balanceada, se for consumir estes alimentos procure não fazê-lo em excesso. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cuidados na alta hospitalar

O cuidado com a higiene nas administração das dietas enterais, é essencial para evitar contaminação e mal estar do paciente na alta hospitalar. Confira as dicas: *verificar a data de validade do produto *higienizar a embalagem da dieta com água, sabão e álcool 70% *agitar antes de utilizar *deixar sempre a temperatura ambiente, salvo dias de muito calor, onde podem ser armazenadas na geladeira *depois de aberta a dieta deve ficar sob refrigeração no máximo por 24 horas, sendo retirada para ofertar ao paciente sempre 1 hora antes *lavar as mãos com água e sabão e secar com papel toalha antes da administração *elevar a cabeceira da cama do paciente em 15 cm durante a administração *antes de iniciar a dieta lavar a sonda com seringa de 20 ml usando água *administrar a dieta conforme gotejamento da prescrição médica e da nutricionista *após término da dieta, lavar novamente a sonda com seringa de 20 ml com água. Também lavar após uso de qualque

Material descartável

SERINGAS: LUER LOCK: design ponta rosca dupla, que dificulta o desencaixe da agulha, proporcionando maior segurança especialmente com medicamentos oleosos. LUER SLIP: design reto que permite encaixe facilitado em cateteres, vacinas, coletas de sangue, infusões de medicações líquidas e menos viscosas. DÂNULAS: dispositivo para infusão de substâncias endovenosas. Permite fluxo simultâneo ou interrupção em uma das vias. EQUIPO NUTRIÇÃO SIMPLES: tubo de material flexível que conecta o frasco com a dieta á sonda do paciente. Com o equipo podemos controlar o fluxo da dieta, ou seja, a velocidade com que o paciente vai receber a dieta. Para isso existe uma pequena pinça no equipo (rolete), que pode ser aberta ou fechada para controle do gotejamento. FRASCO DE NUTRIÇÃO: embalagem estéril transparente, de 300 ou 500 ml, tampa de rosca com obturador e com medidas laterais, para dieta enteral e água.

TIPOS DE DIETAS